Barra de vídeo

Loading...

segunda-feira, 16 de março de 2015

Novo Guia Científico Timol do Dr. Marcio Bontempo no 10º Encontro Holístico Brasileiro

video
Novo Livro do Dr. Marcio Bontempo em Porto Alegre:
SENSACIONAL - O Novo Guia Científico Timol condensa todas a informações pertinentes aos Beneficios inerentes a água magnetizada pelo equipamento Sylocimol , único no mundo com capacidade de proporcionar a adequada reorganização da moléculas de água capaz de transforma-la no mais perfeito antioxidante natural do planeta.
Elaborado por Dr Marcio Bontempo , demonstra todos os resultado e comprovações cientificas das aplicações da Agua Tratada Magneticamente pelo SYLOCIMOL na Prevenção e Recuperação da Saúde de todos os seres vivos do Planeta , incluindo Humano, Animal e Vegetal.

A Equipe do Portal Holístico TV espera você em nosso Estande 36:

* Tecnologia Iônica para Corrigir Magneticamente a Água -

* GUIA CIENTÍFICO TIMOL/Livros do Dr. Marcio Bontempo - Noé Antônio Castro de Carvalho e Vera Lúcia Friederichs

* Editora Agartha - Luis Augusto Weber Salvi

* Canalização Áurica Personalizada - Leonardo De Albuquerque

* Entrevistas para a Web TV - Deixe conosco o seu recado! - Victoria Pinto Vicentini

INSCREVA-SE AQUI PARA PARTICIPAR DO 10º ENCONTRO HOLÍSTICO BRASILEIRO:
(051) 8163.2882 OI
(051) 8101.9823 TIM

domingo, 15 de março de 2015

Conheça as pirâmides gigantes perdidas da China

No final da Segunda Guerra, o piloto norte-americano James Gaussman se preparava para completar uma missão de abastecimento de mantimentos e provisões para as forças do exército chinês. Repentinamente, uma falha no motor do avião o obrigou a retornar para a base de Assam, no norte da Índia, trajeto que, por segurança, ele realizou em baixa altitude. Pouco depois de sobrevoar a cidade de Xian, em direção ao sudoeste, Gaussman se deparou com a presença de uma pirâmide gigantesca. Surpreso, após passar várias vezes sobre a construção, ele tirou fotos e, junto com um relatório detalhado, as entregou aos seus superiores assim que regressou à base. O incidente ficou esquecido entre os arquivos da Força Aérea Norte-Americana, até que, 40 anos mais tarde, veio à tona por causa do escritor australiano Brian Cowley, que publicou uma das fotografias em seu livro. Em seguida, soube-se que aquela não foi a primeira vez que um piloto aeronáutico viu uma pirâmide do espaço aéreo chinês, nem o último.

Em março de 1947, depois de terminada a guerra, o jornal NY Times publicou uma referência ao avistamento feito pelo coronel Maurice Sheehan do seu avião, que sobrevoou uma pirâmide gigantesca, cujas dimensões descritas por ele chegariam aos 300 metros de altura e 450 de largura. Destaca-se o fato de essas proporções constituírem a maior pirâmide do mundo, fazendo a de Gizé uma verdadeira miniatura, com seus 147 metros de altura e 320 de largura. E enquanto a Grande Pirâmide do Egito conta com 52.900 metros quadrados de superfície, a chinesa superaria os 202 mil.
As testemunhas que afirmam ter visto pirâmides enormes na China são compostas, em sua maioria, por pilotos, e existem também fotografias muito recentes, tiradas por satélites espiões norte-americanos. No entanto, inexplicavelmente, as autoridades chinesas recusaram a existência de monumentos semelhantes. No início do século XX, exploradores e comerciantes, como os alemães Frederick Schroeder e Oscar Maman confirmaram a presença de não apenas uma, mas várias pirâmides situadas em torno da cidade chinesa de Xian. Além disso, algumas excursões europeias secretas conseguiram pegar amostras de objetos metálicos nas imediações das pirâmides, que, depois de analisadas, tiveram sua idade estimada em 8 anos. Mas a surpresa não acaba aí: o material metálico não pôde ser identificado até o momento, pois não é conhecido pela ciência moderna. 
Na atual era da tecnologia, as pirâmides podem ser localizadas no Google Earth com 34°21'47.16"N, 108°37'49.80"E e 34°21'42.48"N, 108°38'24.36"E 34.22
Fonte: History, USA Today

sábado, 14 de março de 2015

A primeira filósofa, astrônoma e matemática da história: Hypatia de Alexandria! Mulheres Pioneiras

mulheres-pioneiras-hypatia
A Terra gira em torno do Sol?, uma pergunta muito ousada!
Hypatia: considerada por historiadores como a primeira filósofa, matemática e astrônoma que se tem notícias, desafiando as regras do seu tempo, levou uma vida dedicada aos estudos, às pesquisas e ao magistério. Num universo totalmente masculino, ensinou no Museu de Alexandria e tornou-se chefe da Escola Neoplatônica, por volta de 400 dC.
hypatiaEm sua época, entre 355 e 415 d.C. (aproximadamente), Hypatia era conhecida como a melhor e mais avançada “pensadora”, filósofa neoplatônica, abordando temas referentes à matemática e astronomia de forma compreensível a todos e estimulando debates acalorados sobre a dinâmica do Universo, sobre o Sol e o movimento dos planetas.
Hypatia de Alexandria foi a primeira mulher a fazer uma contribuição substancial para o desenvolvimento da matemática, especialmente ao criar soluções sobre as propriedades das formas geométricas e suas relações.
Lembrando que, neste período, uma das teorias mais ousadas em discussão relacionava-se com a recém-lançada hipótese de que a Terra girava em torno do Sol e a grande questão a ser desvendada era: “se a Terra gira em círculos em torno do Sol, porque o Sol se aproxima e se distancia da Terra, gerando as quatro estações do ano?“.
hypatia-planisferioQuestão tão básica para nós. Mas, para os idos anos 300-400 d.C., este tema era avançadíssimo, responsável por diversas polêmicas e estava no auge.
Neste período, os estudiosos e pesquisadores contavam apenas com cálculos, raciocínio e certa ousadia intelectual, uma vez que não haviam instrumentos de observação astronômica que pudessem lhes trazer respostas precisas.

Hypatia como pesquisadora e inventora de instrumentos científicos
Hypatia especializou-se no estudo dos números e das propriedades geométricas do círculo, dividiu cones em seções e fez com que a geometria se tornasse inteligível para seus alunos e, finalmente, transmissível para o mundo moderno. Alguns historiadores afirmam que ela foi a primeira estudiosa em astronomia e geometria a levantar a hipótese de que o movimento da Terra em torno do Sol não seria em círculos, mas em elípticas.
Jovens de diversas localidades mudavam-se para Alexandria apenas para estudar com Hypatia. Homens se aglomeravam para ouvir suas ideias. Ensinou os princípios neoplatônicos para pagãos e cristãos.
Muito provavelmente, este seria o modelo de carro dirigido por Hypatia.Um dos seus alunos foi o notável filósofo Sinésio de Cirene, com o qual mantinha frequente correspondência. E a partir de debates com Sinésio, Hypatia refinou a teoria sobre a Trindade.
Muito do que se sabe sobre ela, se deve às cartas entre Hypatia e Sinésio.
Através destas cartas, sabe-se que Hypatia desenvolveu alguns instrumentos usados ainda hoje na Física e na Astronomia, entre os quais o hidrômetro – instrumento para determinação do peso específico dos líquidos – e o astrolábio plano – dispositivo usado não apenas para estudar a astronomia, mas também para fazer cálculos de navegação.
Hypatia também desenvolveu um planisfério próprio, conforme mostro na imagem.

Alexandria: importante centro cultural e intelectual
Hypatia viveu os últimos e tumultuados momentos de Alexandria como um grande centro da vida intelectual e cultural, presenciou o último incêndio da Biblioteca de Alexandria e posterior destruição do que restou dela, quando todas as suas obras foram perdidas.
O que se sabe atualmente sobre as ideias de Hypatia estão em relatórios e obras de seus contemporâneos e em cartas que ela trocava com seus alunos.
Muito provavelmente, este seria o modelo de carro dirigido por Hypatia.
Conhecida entre os gregos como “A Filósofa”, escreveram sobre ela: “Havia em Alexandria uma mulher chamada Hypatia, filha do filósofo Theon, que fez tantas realizações em literatura e ciência que ultrapassou todos os filósofos de seu tempo. Tendo progredido na escola de Platão e Plotino, ela explicava os princípios da filosofia a quem a ouvisse, e muitos vinham de longe para receber seus ensinamentos.
hypatia-13Contam-se que Hypatia não usava roupas femininas e vestia-se com a dignidade de um professor. Além disso, dirigia seu próprio carro, ao contrário da norma para o comportamento do público feminino.

Hypátia, acusada de herege, recusa-se a converter-se ao cristianismo
Hypatia estudou com seu pai, o matemático Theon de Alexandria, Chefe do Museu de Alexandria, ele próprio dono de ideias tão avançadas a ponto de apoiar totalmente a sua filha numa carreira tipicamente masculina” e ainda permitiu que ela permanecesse solteira, “livre dos mandos masculinos para seguir seus dons e expressar sua inteligência”, como ele mesmo dizia – segundo relatos.
Hypatia exerceu considerável influência política na cidade.
Orestes, o governador de Alexandria, foi seu aluno e, como Hypatia, era um pagão (não-cristãos). Este, em constante conflito com os bispos cristãos de Alexandria, aconselhava-se com Hypatia, fato que acabou envolvendo-a em disputas político-religiosas.
Hypatia viveu num momento muito conturbado para Alexandria, pois neste período o cristianismo crescia e diversos grupos de fanáticos cristãos desejavam domínio sobre as outras religiões. No início da década de 390, motins – especialmente contra judeus e pagãos –  eclodiam com frequência na cidade.
Pagãos eram forçados a se converterem ao cristianismo. Judeus foram expulsos da cidade. E Hypatia, recusando-se a converter-se, assim como também fez Orestes, seu amigo e governador, foi envolvida em boatos políticos e acusada de herege, uma “bruxa pagã”.
Seu interesse em comprovar a teoria de que a Terra girava em torno do Sol, sua vida livre e a sua convivência com grupos de intelectuais (apenas permitido aos homens), serviram de argumentos a favor de sua acusação.
Porém, diversos historiadores alegam que a acusação de heresia à Hypatia tinha como alvo principal um ataque à Orestes, o governador de Alexandria, numa tentativa mal sucedida de Cirilo – o então Bispo, para forçar a sua conversão ao cristianismo.
E aí está o seu trágico fim. A acusação chega aos ouvidos de uma população enfurecida, cansada de conflitos religiosos, clamando contra os pagãos e a situação foge do controle. Hypatia é assassinada por religiosos fanáticos, aos 60 anos -aproximadamente.

Alexandria em declínio: Hypatia sustentava a vida intelectual?
Hypatia 32Interessante é o fato de que logo após a morte de Hypatia, Alexandria entre em declínio, como se ela estivesse ancorando e sustentando a vida intelectual e cultural de sua cidade.
A cidade passa a ser governada pelo líder cristão – Cirilo, a vida cultural de intelectual de Alexandria dissolve-se, os alunos de Hypatia abandonam a cidade. Filósofos, astrônomos, matemáticos e cientistas se escondem e se apagam.
A tão rica Biblioteca de Alexandria (que já estava em parte destruída) é tomada por grupos cristãos fanáticos que terminam o “trabalho de destruição”, queimando obras de arte e os rolos (livros) que restavam, quebrando esculturas e destruindo diversos instrumentos e desenhos utilizados em pesquisas e aulas.
Muito conhecimento se perdeu. Muitas teses, teorias e debates, registrados em rolos, se foram.

hypatia (3Hypatia de Alexandria: teorias e realizações ousadas na antiguidade
A vida de Hypatia terminou tragicamente, porém seu trabalho permaneceu. Sua história seguiu com o tempo, deixando marcas profundas na ciência, na matemática e na astronomia.
Descartes, Newton e Leibniz expandiram seu trabalho.
Hypatia tem sua história contada no filme do diretor Alejandro Amenábar, cujo nome é “Hypatia de Alexandria”. Vale muito a pena ver esse filme.
Hypatia fez realizações extraordinárias para uma mulher em seu tempo. Filósofos a consideravam uma mulher de grande conhecimento.

Obras atribuídas à Hypatia
Hypatia-reading3Como escrevi acima, nenhuma obra de Hypatia sobreviveu à destruição da Biblioteca de Alexandria. O único registro escrito por ela que chegou até os dias de hoje é um texto: “O Cânone Astronômico“.
Em algumas obras de outros autores da mesma época, encontram-se comentários e notas escritos por Hypatia, em colaboração com o tema abordado nas mesmas, costume muito comum na época.
Acredita-se que algumas obras de seu pai, Téon de Alexandria, teve a coautoria de Hypatia.

Frases de Hypatia
“Reserve o seu direito a pensar. Pensar errado, é melhor do que não pensar.”
“Compreender as coisas que nos rodeiam é a melhor preparação para compreender o que há mais além.”
“Governar acorrentando a mente através do medo da punição em outro mundo, é tão baixo quanto usar a força.”
“Ensinar superstições como verdades é uma das coisas mais terríveis.”
“Todas as formas religiosas dogmáticas são falaciosas e não devem ser aceitas por auto respeito pessoal.”

Fonte: Mulheres Pioneiras no Blog Anima Mundhy
Honrando o Sagrado Feminino na Terra!
Tania Resende

domingo, 8 de março de 2015

Cientistas provam que DNA pode ser reprogramado por palavras e freqüências

O DNA HUMANO É UMA INTERNET BIOLÓGICA, e superior em muitos aspectos à nossa internet artificial. Pesquisas de cientistas russos explicam direta e indiretamente fenômenos como a clarividência, intuição, atos de cura espontâneos ou improváveis, técnicas de auto-cura, técnicas de afirmação, luzes/auras incomuns em volta das pessoas, influência da mente nos padrões climáticos e muito mais. Além disso, há evidências de um novo tipo de medicina nas quais o DNA pode ser influenciado e reprogramado por palavras e freqüências SEM cortar e substituir um único gene.

Apenas 10% do nosso DNA está sendo usado para construir proteínas. É este subconjunto do DNA que é do interesse dos pesquisadores ocidentais e está sendo examinado e categorizado. Os outros 90% são considerados “DNA lixo”. Os investigadores russos, no entanto, convencidos de que a natureza não produz nada sem uma função específica, juntou-se a lingüistas e geneticistas em uma aventura para explorar os 90% de “DNA lixo.” Seus resultados, descobertas e conclusões são simplesmente revolucionários! De acordo com eles, o nosso DNA não é apenas responsável pela construção de nosso corpo, mas também serve como armazenamento de dados e na comunicação. Os lingüistas russos descobriram que o código genético, especialmente nos aparentemente inúteis 90%, segue as mesmas regras que todas as nossas linguagens humanas. Para este fim, eles compararam as regras da sintaxe (a forma em que as palavras são unidas para frases formulário e sentenças), a semântica (o estudo do significado nas formas de linguagem) e as regras básicas da gramática. Eles descobriram que os alcalinos de nosso DNA seguem uma gramática regular e têm regras do jogo assim como nossas línguas. Línguas para humanos não aparecem por acaso, mas são um reflexo de nosso DNA inerente.
O biofísico russo e biólogo molecular Pjotr ​​Garjajev e seus colegas também exploraram o comportamento vibratório do DNA. [Para efeitos de concisão Vou dar apenas um resumo aqui. Para a exploração, por favor consulte o apêndice no final deste artigo] O resultado foi: “. Cromossomas vivos funcionam como  computadores solitonicos / holográficos, usando a radiação laser endógena do DNA.” Isto significa, que conseguiram modular, por exemplo, certos padrões de frequência de raio laser e com isso influenciaram a frequência de DNA e, portanto, a própria informação genética. Uma vez que a estrutura básica dos pares de DNA e da linguagem (como explicado anteriormente) são da mesma estrutura, nenhuma decodificação do DNA é necessária. Pode-se simplesmente usar palavras e sentenças da linguagem humana! Isto, também, foi provado experimentalmente! Substância de DNA vivo (no tecido vivo, não in vitro) sempre reagirá aos raios laser de linguagem moduladas e até às ondas de rádio, se as frequências apropriadas forem  usadas.
Isso explica cientificamente afinal porque  as afirmações, o treinamento autógeno, hipnose e similares podem ter efeitos tão fortes nos humanos e seus corpos. É inteiramente normal e natural para o nosso DNA reagir à linguagem. Enquanto os pesquisadores ocidentais cortam genes únicos de cadeias de DNA e os inserem em outros lugares, os russos entusiasticamente trabalham em dispositivos que podem influenciar o metabolismo celular através de frequências moduladas de rádio e de luz adequadas e assim reparar defeitos genéticos.
O grupo de pesquisa de Garjajev conseguiu provar que, com este método, cromossomos danificados por raios-x, por exemplo, podem ser reparados. Eles inclusive capturaram padrões de informação de um DNA particular e o transmitiram para outro, assim reprogramando as células para outro genoma. Desta forma eles transformaram com sucesso, por exemplo, embriões de rã em embriões de salamandra simplesmente transmitindo os padrões de informação de DNA! Desta forma a informação por inteiro foi transmitida sem nenhum dos efeitos colaterais ou desarmonias encontradas quando cortam e re-inserem genes únicos do DNA. Isso representa uma inacreditável revolução e sensação de transformação do mundo! Tudo isto pela simples aplicação da vibração e da linguagem em vez do procedimento de corte arcaico. Esta experiência aponta para o imenso poder das ondas genéticas, que obviamente têm uma influência maior na formação dos organismos do que os processos bioquímicos das seqüências alcalinas.
xam
Místicos antigos, esotéricos e professores espirituais já sabiam há várias eras que nossos corpos são programáveis pela linguagem, palavras e pensamentos. Isso agora foi cientificamente provado e explicado. A freqüência, é claro, precisa ser correta. E é por isso que nem todos são igualmente bem sucedidos ou podem fazê-lo sempre com a mesma força. O indivíduo deve trabalhar nos processos internos e maturidade, a fim de estabelecer uma comunicação consciente com seu próprio DNA. Os pesquisadores russos trabalham em um método que não depende destes fatores, mas sempre funcionará, desde que usem a freqüência correta.
Porém, quanto maior é o desenvolvimento da conciência de um indivíduo, menos ele precisa de qualquer tipo de artifício! Cada um pode alcançar estes resultados por si só, e a ciência pode finalmente parar de rir de tais idéias e confirmar e explicar seus resultados. E não termina por aí. Os cientistas russos descobriram também que o nosso DNA pode causar padrões de perturbação no vácuo,com isso produzindo buracos-de-minhoca (Wormholes ) magnéticos!  Wormholes são os equivalentes microscópicos das chamadas pontes Einstein-Rosen em proximidade com os buracos negros (deixados por estrelas que se apagam). São conexões de túnel entre áreas totalmente diferentes no universo através das quais informações podem ser transmitidas fora do espaço e do tempoO DNA atrai estes pedaços de informação e as passa para a nossa consciência. Este processo de hiper-comunicaçãoé mais eficaz num estado de relaxamento. Stress, preocupações ou um intelecto hiperativo impedem a efetividade da hiper comunicação e a informação pode ser totalmente distorcida e inútil.

Translate