Barra de vídeo

Loading...

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Sociedades New Age, do Feudalismo às Comunidades Avançadas da Nova Era


 O Feudalismo foi um sistema primitivo em que havia uma relação de dependência através do senhor feudal que cedia uma porção dessa terra ao vassalo em troca de serviços. Muito propicio para a “Idade das Trevas”, com seus mil anos (de 476 até 1500) de ignorância "religiosa". Prova dessa ignorância foi na baixa Idade Média onde ocorreu a pandemia de peste bubônica que assolou a Europa durante o século XIV e dizimou entre 25 e 75 milhões de pessoas (mais ou menos um terço da população europeia), sendo que alguns pesquisadores acreditam que o número mais próximo da realidade é de 75 milhões, aproximadamente metade da população da época.


O feudalismo foi um sistema de castas muito comum em sociedades primitivas. Funcionava como um modo de organização social e político baseado nas relações servo-contratuais (servis). Tem suas origens na decadência do Império Romano. Predominou na Europa durante a Idade Média.
Os senhores feudais conseguiam as terras porque o rei lhes dava. Os camponeses cuidavam da agropecuária dos feudos e, em troca, recebiam o direito a uma gleba de terra para morar, além da proteção contra ataques bárbaros. Quando os servos iam para o manso senhorial, atravessando a ponte, tinham que pagar um pedágio, exceto quando para lá se dirigiam a fim de cuidar das terras do Senhor Feudal.
Ainda bem que acabou esse sistema de domínio servil sobre os vassalos que atrasou muito a evolução da humanidade.  Pode-se dizer que o sistema Capitalista e Socialista (teoricamente é excelente mas na prática morre na agocentricidade do monopólio de seus líderes) não funcionem na prática. Nenhum sistema econômico e social será perfeito/funcional enquanto não for feita uma reforma total na consciência humana, que sempre tentou escravizar os seus irmãos.

Sinto muito mas não podemos concordar com àqueles que defendem a implantação desse sistema como alternativa para substituir o atual. Por mais que o sistema Capitalista burguês atual  seja monopolista e tenha escrito à história conforme os seus interesses, retroceder não devemos jamais, sob pena da ocorrência letal  da inconsciência da humanidade.











O Futuro está aí na nossa porta, despontando a embriogênese através das inúmeras comunidades que estão florescendo no planeta, cujos seus membros dão ênfase, em primeio lugar, ao respeito aos seus habitantes e convidados para conhecer.vivenciar eventos holísticos comunitários.

São inúmeras existentes atualmente dentre as pricipais podemos citar:

A Findhorn Foundation é uma associação sem fins lucrativos, cujos membros mantêm um modo e vida comunitária e de partilha. Foi uma das primeiras ecovilas a serem formadas, e hoje uma das mais importantes, sendo um exemplo em diversas diversas áreas como sustentabilidade, economia local e educação holística. Se tornou também conhecida pelo seu trabalho com as plantas e na comunicação com a Natureza, constituindo, actualmente, um centro de educação espiritual e holística que vive e trabalha em estreita colaboração com outras organizações e indivícom o intuito de participarem em seminários (workshops) e retiros.

Comunidades planejadas. O mais recente agrihoods dentre as muitas existentes nos Estados Unidos é a The Cannery.
Estes empreendimentos residenciais tem como diferencial não os inúteis e dispendiosos campos de golfes, mas fazendas comunitárias de agroecologia. De acordo com site CivilEats, existem atualmente cerca de 200 deles em todo o país.

Comunidade Luz de Figueira que fica no Brasil fundado por José Trigueirinho Netto, filósofo espiritualista. A Comunidade Figueira é uma manifestação do trabalho abnegado desenvolvido em Figueira, núcleo de vivência ativo desde 1987 no sul de Minas Gerais, Brasil.

Translate